Categories
ComoFazer

Teste de contração do barro

Estou desenvolvendo um fogão-estufa rocket e vou usar tijolos cozidos maciços pra facilitar a construção. Porém, tem algumas peças que são de tamanho diferente. Então, resolvi fazer essas peças e usar o próprio fogão para queimá-la. Essa queima é um teste e imagino que não vai funcionar, por não atingir as altas temperaturas necessárias e ficar por tempo insuficiente. Mas se funcionar, vai ser um adianto!

Procurei na internet o traço (mistura) ideal para tijolo de barro cozido e não encontrei. Aí pensei: vou fazer como nas bioconstruções – testo o barro do meu terreno e vejo se ela contrai menos de 10% (teor de argila) e passa no teste da queda da bolinha (teor de areia). Como é facilmente perceptível pelo toque, a terra aqui tem muita argila. Então, fiz apenas o teste de contração, como descrito no Manual da Arquitetura Descalça.

Régua para o teste de contração.

Primeiro, cavamos e separamos a camada superficial (horizonte A), que contém muita matéria orgânica e retiramos uma amostra da parte de baixo (horizonte B). Paralelamente, construímos uma régua de 40cm x 4cm x 4cm. Então, preenchemos com o barro úmido bem amassado e deixamos secar à sombra por alguns dias (como é inverno e está bem úmido, coloquei a minha ao sol). Se a amostra contrair menos de 10% (4cm lineares nas bordas), então ela provavelmente possui uma boa proporção de areia e argila para construção (atenção: o resultado final é que dirá se a terra é boa ou não.).

Em 15 dias de secagem, o barro contraiu 3cm. Agora, vou para o teste com os tijolos pra construir o fogão.